Lançamento da série “Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos de Desastres – Projeto GIDES”.

O Governo Japonês foi representado pelo Embaixador do Japão, Sr. Akira Yamada e pelo Representante Chefe da JICA Brasil, Sr. Akio Saito.

Foram ressaltados os laços de confiança criados entre o Governo Japonês e o Governo Brasileiro durante o projeto GIDES e que esses laços permanecem mesmo após o término do projeto. Participaram ainda, o Secretário Nacional de Desenvolvimento Urbano do Ministério das Cidades, Gilmar Santos, o presidente da ABC, Ruy Pereira, o Secretário de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, Élcio Barbosa, Diretor-Presidente da CPRM, Esteves Colnago, Coordenador de Planejamento e Gestão de Fundos do MCTIC, Yuri Giustina e o Diretor de Gestão das Unidades de Pesquisas e Organizações Sociais do MCTIC, Gustavo Frayha. O Sr. Güenther Wehenpohl, representante da Agência de Cooperação Alemã – GIZ ressaltou a importância de “não deixar esses conhecimentos na gaveta” e que as instituições presentes poderiam se unir para tal intuito. Ao final do evento, os participantes participaram de uma confraternização.

 

Para realizar o download da série, acesse um dos links:

https://www.jica.go.jp/brazil/portuguese/office/publications/index.html

http://www.capacidades.gov.br/biblioteca/detalhar/id/365/titulo/pg/oprograma/quemsomos

http://www.cidades.gov.br/gides/arquivos/category/22-manuais

A série “Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos de Desastres – Projeto GIDES” reúne os manuais elaborados no âmbito da cooperação técnica firmada entre o Governo do Brasil e o Governo do Japão, por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão. Os Manuais tratam de temas relacionados ao Projeto Gides com o objetivo de auxiliar técnicos e gestores públicos federais, estaduais e municipais na gestão integrada dos riscos de desastres de sedimentos de massa.

Como resultado dessa cooperação, foram produzidos seis manuais técnicos, com os quais se objetiva auxiliar as administrações estaduais e municipais na preparação de estratégias de atuação frente a desastres e situações de emergência vivenciadas pela população.

Em sua elaboração, observaram-se os preceitos da gestão integrada de desastres, que, em linhas gerais, considera um ciclo por meio do qual os gestores responsáveis podem mitigar o impacto desses eventos separando-os em categorias de ações antes, durante e depois de sua ocorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *